RITA em FLOR

ferramentas de transformação, empoderamento, reconexão e auto descoberta

ANÁLISE CORPORAL 

Se passaste a vida tentando "melhorar", se também acreditaste que podias ser quem quiseres ser, mas até aqui ainda não conseguiste ser nada que não fosses tu, sempre tu, esta página vai-te interessar!

Se queres compreender quem és, fazer as pazes com o que te caracteriza e optimizar a tua forma de estar no mundo estão na tua lista de desejos, precisas passar pel'O Corpo Explica!


A escola brasileira O Corpo Explica© concebeu a Análise Corporal, de forma inovadora, consistente e elucidativa para te trazer de volta a ti mesma.

Esta escola ensina que o formato do nosso corpo explica o tipo de mente que temos, levando-nos assim a compreender nossas dores, dificuldades e problemas "inerentes", mas sobretudo nossos dons, recursos e superpoderes!

Este método científico preciso e determinista, foi desenhado para retirar de cada um o seu máximo potencial humano. Nesse sentido, a análise corporal, segundo o OCE©, ajuda a compreender e integrar quem somos, ensina a potenciar aquilo de que somos feitos e a entender que "Nós somos quem nós precisamos ser!"

Quando aprendemos a funcionar da forma que mais propicía as nossas características (nossos traços de carácter), começamos então a construir uma vida saudável e realizada nos seus três pilares: dinheiro, sexualidade e saúde física.


a ciência por detrás do método

Apesar de parecer apenas uma abordagem do desenvolvimento humano, o que torna este método excepcionalmente assertivo é a sua base alicercada na ciência e na neuropsicologia.

Quando nascemos, no nosso corpo existem cerca de 80 biliões de neurónios. A sua capacidade única de transmitir informação e criar "conversas"  entre células do organismo, articulando, dando comandos, transmitindo ações e informações, tornou-os células cruciais no amadurecimento do ser humano, a única cria de mamífero que não nasce preparada para interagir com o meio exterior!


Esta quantidade avultada de neurónios permite ao bébé fazer até 1000 sinapses por segundo! Ou seja, em cada segundo, o bebé gera mais de 1000 correntes elétricas ou transmissões de impulsos nervosos de neurónios a outras células do organismo, com a intenção de gerar uma resposta. E para quê? Para aprender sobre o mundo, recolher, distribuir e classificar informação sobre o meio envolvente. 

Porém, esse enorme número de ramificações neuronais que a criança desenvolve desde que nasce, não é utilizada de forma homogénea e representaria a longo prazo uma sobrecarga de informação, neurónios e sinapses! Como alguns caminhos neuronais são usados constantemente e outros nunca ou quase nunca, o corpo encarrega-se de eliminar o excesso, aquilo que já não serve ou que já está apreendido.


No campo, os trilhos que não se transitam tendem a desaparecer e os que se usam frequentemente tornam-se estradas. No corpo humano acontece parecido! Os neurónios e ramificações não usadas são eliminados através da poda neural, em contrapartida, outros caminhos neuronais são reforçados através daquilo que se chama mielinização.

Aqueles neurónios e ramificações neuronais frequentemente utilizados, aumentam o seu vigor funcional tornando-se mais efetivos na transmissão de impulsos elétricos pela formação de uma bainha de mielina sobre a parte comprida do neurónio (axónio), encarregue de levar o impulso/informação desde o terminal de receção até ao terminal de transmissão... tal como um fio de cobre se envolve em plástico para evitar a dispersão da eletricidade que ele conduz, o axónio é coberto de mielina.


Este processo de mielinização acontece desde a vida intrauterina até aos 4/5 anos, e desenvolve-se da parte superior da espinal medula no sentido do sacro, onde termina. 

A mielinização não só optimiza os circuitos nervosos como traz controle e sensação às zonas que estão vendo as suas capacidades optimizadas ao serem consistentemente mielinizadas.


Durante esses 5/6 anos em que o sistema neuropsicológico de uma criança estabelece seus "caminhos do costume" neuronais, ela também estabelece leituras e interpretações da realidade que simultaneamente condicionam e são condicionados por esses caminhos já existentes. 

É igualmente nesses 5/6 anos que os cinco traços de carácter se formam, e esse é um processo intrincadamente ligado aos tais "caminhos neuronais do costume". Esses caminhos foram fixados com base na frequência de utilização e na sua eficiência.

Segundo a sua interpretação das experiências que vai vivendo, ela vai "optando" por certas formas de reação e resposta, de acordo com as ramificações e caminhos neuronais que está no processo de criar. Ela escolhe caminhos que considera eficientes e seguros para "navegar o meio" e, pela repetição vai gerando consistência na sua utilização, consistência essa que se relaciona intimamente com o processo de criação do seu carácter. 

É um processo simultanemaneamente biológico e emocional que gera na criança gera entendimentos, expectativas, sistemas de acautelamento e sobrevivência, dores e recursos, que por sua vez ficam marcados no formato do seu corpo.


Cada pessoa, poda e fortalece em diferente medida (medida essa mensurável graficamente!) diferentes caminhos e este processo explica porque funcionamos de modos diferentes: porque uns aproveitam caminhos que outros podaram.   

Por terem sido mais trilhados, esses "caminhos" parecem-nos mais seguros e é através deles que crescemos e à volta deles que construimos a nossa personalidade e a nosso corporalidade também, enfim, nossos traços de carácter.


O que a técnica de Análise Corporal criada pel'O Corpo Explica© faz, é justamente um processo de engenharia reversa, onde o analista parte do formato de diferentes partes do corpo para compreender o funcionamento da mente do seu cliente.


poderás agendar uma consulta em breve!


cinco traços de carácteres: mais de 5.000 combinações 

Apesar das breves descrições sobre cada traço de carácter que se seguem, é importante ressaltar que não somos um deles, mas uma combinação perfeitamente percentual de todos eles. Podemos reconhecer-nos mais nuns do que nos outros, ter efetivamente predominância de um ou de outro traço; e também podemos identificar-nos com todos, ser mais "distribuídos".


As mais de cinco mil combinações possíveis entre estes cinco traços falam sobre a diversidade humana mas também sobre a especificidade de ser quem somos! E levam-nos a pensar como a vida se pode tornar mais fácil, quando realmente conhecemos o nosso "modus operandi" específico.

Aparência mais "desconjuntada", com tendência a ter a testa, os olhos ou a cabeça maior, como se carregasse um cérebro mais avantajado.


Gosta de estar no seu canto, de ser invisível e é extremamente mental, tem ideias incríveis, criativas e inovadoras.



Tem um aspecto 

mais arredondado,

mais bochechudo,

fofos  ou escorridos, 

pode ser magro

 ou gordo. Pode

parecer àvido

ou mesmo triste, 

como se algo 

lhe faltasse.


Emotivo, expontâneo

e intenso, gosta de companhia,

de se expressar

e de ser visto,

 de sentir,  de comer.

Corpo com aspeto de triângulo invertido como se tivesse esticado para alcançar algo.


Proativo, racional,  gosta de ser notado e dá a sensação de sempre estar a avaliar o ambiente

Ama coordenar, convencer, liderar pessoas  de modo a obter o melhor das situações.

Aparenta linhas mais 

retas, aspetos mais quadrados, como se

 fosse um cofre onde 

se podem depositar

coisas importante.

Porque tem que

 "carregar esse peso",

tem uma aparência

forte e resistente.


É metódico, muito

constante e fiel.

Não mostra o que 

sente e é discreto,

por medo a cometer

 algum erro.

Este corpo foi programado para estar no seu auge, por isso é forte e bem delineado, harmonioso, muito sensual e fisicamente capaz. 


É àgil, competente,

sedutor e vistoso.

Gosta de ganhar, adora desafios. Tende a ter vários talentos e paixões e é perfeccionista.

todos estamos mais cómodos sendo quem realmente somos!

Quando pensamos na aplicação práctica deste método, podemos entender de que forma é eficaz em sintonizar casais e promover relações felizes e saudáveis.

Se eu compreendo que o meu marido é predominantemente criativo e silencioso e evita contacto físico (o 1º traço) porque essa é a sua natureza, eu posso entender que não há nada de errado com a sua forma esquiva de ser ou com a nossa relação. E posso encontrar estratégias de relacionamento satisfatórias para os dois!


Torna-se fácil visualizar o enorme favor que tem feito à relação pais e filhos, à educação e à harmonia familiar

Conhecendo os traços deles, paro de causar tensão nos meus pequenotes. Deixo de pedir contenção ao meu filho intenso, perfeccionismo ao meu filho improvisador, contentamento ao meu filho competitivo ou expontaneidade ao meu filho metódico e propicío um ambiente saudável e seguro, onde a sua natureza intrínseca terá um lugar para se desenvolver, em vez de um espaço para ser moldada e convertida em algo que não é!


E obviamente, não é difícil compreender como as empresas o estão a usar inteligentemente, nos seus Recursos Humanos, para aumentar não só a eficácia e os resultados dos seus profissionais, como a sua satisfação e realização profissional! Gente que trabalha naquilo que se lhe dá bem, obviamente produzirá melhores resultados, quantitativa e qualitativamente.

Não é preciso entender de negócios para saber que um comunicador por excelência está melhor no atendimento ao público, que um "génio" dá mais jeito gestando ideias, que mais vale usar um líder para liderar do que para seguir e que um  competidor deve estar centrado em gerar resultados, não em fazer trabalho burocrático - para esse também há um traço perfeito! 


Em conclusão, todos estamos mais à vontade quando nos damos ao direito e agir e ser como realmente somos e ao nos conhecermos a nós próprios, e aprendermos a reclamar para nós aquilo que necessitamos para agir desde os nossos recursos, certamente estaremos mais cómodos, satisfeitos, felizes e capazes de dar o nosso melhor, em casa, no trabalho, na vida!

 

O que O Corpo Explica© vai acrescentar, sem dúvida, à tua vida é um sentido de propriedade sobre quem realmente és, e um conhecimento prático de como fazer isso, de uma vez por todas!


O que esperar de uma Análise Corporal

Uma sessão de análise corporal é composta por 3 fases: análise do corpo, devolutiva e resolução.


1. a análise corporal

Na primeira fase, o formato do corpo do cliente é cuidadosamente analisado de forma a construir um gráfico preciso da sua composição em termos de percentagens de cada caracter. O cliente permanece vestido, o analista apenas observa certas àreas, ou pede para o cliente se posicionar de costas, de lado e de frente.


2. devolutiva

Nesta fase, é dado um feedback ao cliente sobre como a sua personalidade se caracteriza e comporta de acordo com o que o gráfico apurado nos diz sobre o formato do seu corpo e o funcionamento da sua mente.


3. resolução

Por último, é solicitado ao cliente que partilhe até 3 questões circunstânciais que gostaria de ver resolvidas com a orientação do analista corporal e do método. E é feita a orientação do cliente no sentido de estabelecer ações e ferramentas para resolver estas situações.


A sessão tem uma dura entre 90 a 120 minutos.

O cliente pode escolher seguir para um processo de chave mestra ou não.


poderás agendar uma análise em breve!

O que esperar de um processo de Chave Mestra

Um processo de chave mestra é uma ferramenta de desbloqueio e potencialização de recursos, cujo objetivo é conduzir o cliente para fora de zonas de dor e desconforto, e para dentro de zonas onde ele se sinta confortável, satisfeito e em pleno uso dos seus recursos. 

Trata-se de um processo de entre 3 a 5 sessões (que pode eventualmente demorar mais) em que o cliente é assessorado na análise de um problema circunstancial, pelo ponto de vista de como ele alimenta esse problema através de cada um dos seus traços e de como pode desviar a rota, traço por traço, em direção ao recurso, dissipando assim o problema, desmantelando o sofrimento e conquistando presença no seu recurso. Com a ajuda do analista, o cliente compromete-se com uma série de tarefas que, uma vez cumpridas, o irão tirar da zona de dor.


É sem dúvida um lindo processo de mentoria, uma jornada de reaprendizagem e de regresso ao que nos é natural!

poderás agendar uma chave mestra em breve! 

espera resultados...

na vida

amorosa

no desempenho

profissional

na vida

familiar

na tua relação contigo

Contactar